Apenas alguns conceitos existentes sobre a Religião Africana

Por Luís Viviani

Para se entender o que são as religiões africanas, é necessário saber primeiramente que o texto presente não pretende definir de um modo único e singular o significado ao pé da letra de conceitos como “religião”, “mitologia”, “tradição”, “cultos”, ou qualquer outra palavra do gênero. O objetivo aqui dado é justamente o de dar uma luz inicial a quem estiver interessado na cultura e, principalmente, nas religiões existentes da África, mostrando como nem tudo que pensamos ser passado para nós é, de fato, verdadeiro.

As concepções de religiões africanas, querendo ou não, sempre são tratadas de um modo peculiar, definidas como exóticas por muitos, de difícil entendimento ou mesmo compreensão. Quando se pensa sobre religião africana, geralmente o que vem a mente é que ela é só candomblé, umbanda ou feitiçarias, principalmente no conceito (mal utilizado) de Vodu. Esses são apenas alguns erros existentes nessa idéia, mesmo porque temos, apenas para efeito de dúvida, que o tanto o candomblé, como umbanda e o vodu são religiões concretizadas fora do continente africano, isto é, elas foram formadas e definidas com a junção de outras culturas, outras religiões e outras sociedades fora da própria África. Ou seja, só aí já temos uma pequena idéia de que o assunto é um pouco mais dinâmico do que se imaginava.

Além disso, quando se pensa em religião africana, outros podem imaginar algumas danças estranhas sem nenhum sentido simbólico ou mesmo sem ritmo algum, o que está completamente errado. Para entender um pouco mais sobre isso, é de fundamental importância ler um pouco mais sobre os rituais africanos e a possibilidade de efeitos de transe que transcendam o conceito errado que temos sobre isso.

Temos que nos questionar, então, justamente sobre essa noção que a religião africana possui uma grande variedade de crenças, rituais, pensamentos ou mesmo fé sem sentido. Porque conseguimos acreditar que nosso Deus católico é aceitável e qualquer fé dos africanos é, para nós, passado como estranho e, às vezes, sem sentido?

O que podemos saber sobre a religião da África, então? Bom, essa é uma ótima pergunta que talvez nem o próprio escritor desse texto saberia dizer com exatidão, mas o que devemos ter em mente para estudar ou saber sobre religiões africanas é justamente o contrário, ou seja, saber criticar aquilo que nos é passado, saber questionar com clareza alguns conceitos colocados erradamente, para aí sim procurar entender o que de fato é a religião africana. É necessário, sim, levantar questões sobre esse tema, para aí sim a África ser um pouco mais compreendida na sua dimensão cultural ou mesmo religiosa.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: